Vila Velha: um pedaço de nossas primeiras histórias

A Igreja Nossa Senhora do Rosário: mais antiga do Brasil em funcionamento.

O Espírito Santo nasceu em Vila Velha, há 484 anos. Assim dizem os historiadores capixabas, referindo-se ao dia 23 de maio de 1535, quando teve início a colonização do solo espírito-santense, capitaneada pelo fidalgo português Vasco Fernandes Coutinho.

O donatário desembarcou na Praia de Piratininga, aos pés do Morro da Penha, onde hoje está erguido nosso mais célebre cartão-postal: o Convento de Nossa Senhora da Penha. Sua construção teve início no século XVI, sendo o mais antigo convento mariano do Brasil.

Tudo isso não sem os combates com índios goitacás, aimorés e tupiniquins, então vencidos pelos portugueses.

Ainda no primeiro ano de colonização a Igreja Nossa Senhora do Rosário começou a ser construída, numa pequena colina em forma de capela. É a mais antiga em funcionamento no País.

De lá para cá muita coisa aconteceu, as vilas cresceram, os povos se misturaram, novas rotas foram abertas e muito mais. Destacam-se as duas emancipações do município canela-verde, anexado à capital Vitória de 1931 a 1938 e de 1943 a 1947.

Nos dois períodos, Vila Velha foi transformada em distrito até que, em 26 de julho de 1947, uma emenda à Constituição Estadual, de autoria do então deputado constituinte Saturnino Rangel Mauro, restabeleceu a autonomia política e administrativa do município.

Farol de Santa Luzia, na Praia da Costa.

Com uma faixa litorânea de 32 quilômetros, Vila Velha conta com as praias da Costa, de Itpoã, de Itaparica, Barra do Jucu, Praia dos Recifes e Ponta da Fruta. Todas com suas particularidades e oferecendo diversão, lazer e fonte de renda para as famílias de pescadores.

Praia de Itapoã

O turismo náutico também se estabelece na cidade, que proporciona boas condições para esportes radicais e com velas. Destaques para os passeios nas ilhas de Pituã, Itatiaia, das Garças e Rodrigues. Soma-se ainda aos arquipélagos e à braças do litoral a observação de baleias.

Motivos há de sobra para morar e visitar Vila Velha, como você mesmo acabou de ler aqui, caro leitor. A iC Construtora é muito jovem perto da cidade em que está sediada, mas orgulha-se de fazer parte dessa terra rica em história e encantos.

Fique atento ao nosso blog, pois você vai acompanhar uma série de publicações sobre turismo, culinária, praias, danças e o folclore canela-verde. Do congo a um mergulho no mar, tudo é mais gostoso em Vila Velha.

Praia do Ribeiro, aos pés do Morro do Moreno.